revista puc minas

Educação a distância Ensino sem fronteiras

Dyelle Campos Costa, aluna de Ciências Contábeis a Distância: “O curso EAD me possibilitou desenvolver e aperfeiçoar a disciplina, o foco e a organização”

Crescimento do EAD possibilita novas práticas pedagógicas

Nos últimos anos, o ensino a distância desenvolveu-se consideravelmente, tornando-se a modalidade de ensino que mais cresce no país. Segundo o Censo da Educação Superior de 2016, a estimativa é que daqui a cinco anos o número de novos alunos do ensino superior a distância seja maior do que o de matriculados no modelo presencial. Na PUC Minas essa ascensão não foi diferente. Com quase duas décadas de existência, o ensino a distância na Universidade atinge um crescimento expressivo. De acordo com o professor Marcos André Silveira Kutova, diretor do Núcleo de Educação a Distância da PUC Minas – PUC Minas Virtual –, entre 2010 e 2017 o número de alunos matriculados no ensino a distância em cursos de graduação aumentou quase três vezes, passando de 400 para 1,1 mil matriculados. “Crescemos, também, por volta de 1.400% na pós-graduação lato sensu e, hoje, cerca de 50% dos alunos de toda a Universidade têm pelo menos uma ação feita através do Ensino a Distância (EAD) ”, afirma o professor Marcos Kutova.

O avanço na modalidade de ensino, proveniente de tecnologias cada vez mais inovadoras, permite que pessoas como Dyelle Cristina Maltez Campos Costa, que dividem seu tempo entre trabalho e estudos, tenham chances de concluir o ensino superior. “A flexibilidade que o curso EAD oferece me conquistou. Com meu dia a dia cada vez mais atarefado, poder otimizar e personalizar meus estudos tem uma importância ímpar”, conta Dyelle, que é aluna do Curso de Ciências Contábeis a Distância e faz estágio no setor de análise de crédito de um banco.

Educação híbrida

Além de oferecer essa flexibilidade, a personalização da aprendizagem com foco no aluno é o que busca o ensino híbrido, uma abordagem pedagógica que combina ferramentas, ambientes e organizações em busca de potencializar a aprendizagem. “Nós damos ao aluno dos cursos presenciais a condição de ter, a qualquer momento, acesso ao aprendizado, independentemente do horário da aula ou do local onde ele estiver”, explica o professor Marcos Kutova. O crescimento da educação híbrida dentro da PUC Minas tem seu ponto de partida na implantação das disciplinas semipresenciais, que vem sendo feita desde o segundo semestre de 2017. Nessas disciplinas, alunos de cursos da graduação presencial têm acesso aos materiais didáticos no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), para que estudem em diferentes situações e ambientes, e participam de encontros presenciais em sala de aula, que se torna um lugar de aprendizagem ativa, através da realização de atividades práticas, discussões e laboratórios, com o apoio do professor e a colaboração dos colegas.

No primeiro semestre de 2018, foram ofertadas oito disciplinas e 98 turmas presenciais. A partir de agosto, a oferta aumentou ainda mais, com 38 disciplinas disponibilizadas e cerca de 330 grupos presenciais, totalizando 11.849 alunos. A expectativa é de que, até o final de 2020, cerca de 20% das disciplinas de todos os cursos da PUC Minas estejam implantadas na modalidade semipresencial.

Para a professora Júnia Lage, coordenadora de Disciplinas a Distância e Semipresenciais da PUC Minas Virtual, este modelo de ensino possibilita uma nova forma de enxergar a educação. “Estamos preparando nossos alunos para o mercado de trabalho atual, que é muito envolvido com o uso das tecnologias. E esse uso não necessariamente gera um aprendizado somente tecnológico. Ele também gera desenvolvimento de habilidades pessoais, como flexibilidade, empatia, organização e autonomia”, declara.

A aluna Dyelle reconhece essa potencialidade do ensino a distância. “Vou levar para a vida as qualidades que o curso EAD me possibilitou desenvolver e aperfeiçoar, como a disciplina, o foco e a organização, que são fundamentais tanto para minha vida acadêmica quanto profissional e pessoal”, afirma.

Especialização a distância

“Escolhi a modalidade porque permite que eu monte meu próprio cronograma de estudos”

Laerte Júnior de Souza Silva

Desde o primeiro semestre de 2018, a especialização da PUC Minas Virtual acontece integralmente a distância. Flexibilidade e comodidade tornaram-se ainda maiores com a implantação de provas on-line e apresentação do trabalho de conclusão de curso também a distância. O aluno ganha mais liberdade de escolha e economia, tanto de tempo quanto de recursos financeiros, em razão do fim do deslocamento até o polo de apoio presencial, que era obrigatório, pelo menos, uma vez por semestre.

Para Laerte Júnior de Souza Silva, aluno do curso de pós-graduação a distância em Marketing Digital, o curso ser totalmente on-line é essencial para a rotina diária que possui. “Escolhi a modalidade porque permite que eu monte meu próprio cronograma de estudos. Dessa forma, eu posso aproveitar minhas horas livres para estudar o material disponível na plataforma de ensino, no meu notebook ou até no celular, em qualquer lugar que eu esteja e adequando à minha rotina de trabalho”, explica.

No primeiro semestre de 2018, a PUC Minas Virtual recebeu quase 13 mil inscritos nos cursos de pós-graduação. De acordo com o professor Marcos Kutova, a PUC Minas tem, atualmente, alunos no lato sensu a distância em todas as capitais do país. “As tecnologias educacionais de hoje encurtam cada vez mais a distância para estudantes. A educação digital nos permite ter alunos do Oiapoque ao Chuí se especializando sem depender de uma infraestrutura presencial”, finaliza o professor.

Texto
Rafaela Rodrigues
Fotos
Raphael Calixto
Compartilhe
Fale Conosco
+Mais