revista puc minas

Caminho Religioso da Estrada Real

Foto1-Caminho-Religioso-da-Estrada-Real3

Maior rota de turismo religioso do Brasil, o Caminho Religioso da Estrada Real (Crer), que tem a PUC Minas como um de seus principais articuladores, foi lançado em setembro. O Caminho liga o Santuário Estadual Nossa Senhora da Piedade, em Caeté, na RMBH, ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP), trajeto que percorre 32 municípios mineiros e outros seis paulistas.

A ideia do mapeamento do Crer se intensificou com o desenvolvimento das atividades do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Pastoral da Cultural (Nepac), um dos órgãos do Anima PUC Minas – Sistema Avançado de Formação – para a criação do Santuário Digital Nossa Memória, Nosso Bem, multiplataforma digital (santuariodigital.com.br) que reúne os bens culturais, materiais e imateriais de dioceses.

 

Nova espécie de beija-flor e novo gênero de caramujo

Foto-2-Nova-espe--cie-de-beija-flor2

Duas pesquisas realizadas na PUC Minas, na área de Ciências Biológicas, tiveram resultados relevantes. A professora Meire Silva Pena, do Curso de Ciências Biológicas da PUC Minas Betim, descreveu um novo gênero de gastrópode (caramujo) terrestre, encontrado na região do Parque Nacional Cavernas do Peruaçu. A informação sobre o caramujo, que recebeu o nome Minastelates paradoxa, foi divulgada em um artigo publicado no informativo internacional Zoologia. Também foi registrada uma nova espécie de beija flor: o asa-de-sabre-da-mata-seca (Campylopterus calcirupicola), descrita pelo curador da coleção de aves do Museu de Ciências Naturais da Universidade, Marcelo Vasconcelos. A nova espécie de beija-flor foi descrita com base em estudos de campo e museus efetuados nos últimos 18 anos. Ao longo desse período, mais de mil exemplares de beija-flores foram analisados em trabalhos de campo e em museus localizados em outros países para diferenciação de espécies parecidas.

 

PUC Minas poderá ter novo campus

A PUC Minas poderá ter um novo campus a ser instalado na região do Alphaville Lagoa dos Ingleses, em Nova Lima (MG). A PUC Minas Vetor Sul planeja ofertar cursos de graduação e pós-graduação em uma área cedida pela CSul Desenvolvimento Urbano de aproximadamente 98.000 m², dos quais 43.000 m² serão de área verde. No local também poderá ser construída uma unidade do Colégio Santa Maria que, como a PUC Minas, é mantido pela Sociedade Mineira de Cultura.

O reitor da PUC Minas e bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, professor Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, destaca que a presença da PUC Minas no Vetor Sul da região metropolitana de Belo Horizonte acompanha um importante crescimento do entorno da capital mineira, significando para a Sociedade Mineira de Cultura a oportunidade de expandir sua oferta de qualidade em educação básica e superior, de corte humanista-cristão, crítico e prospectivo de uma sociedade justa, fraterna, participativa, o que já ocorre há pelo menos seis décadas.

 

Guia de MBA

O MBA Executivo em Mercado de Capitais e Derivativos, oferecido pelo Instituto de Educação Continuada (IEC), foi o melhor avaliado na categoria Conhecimento no Guia de MBA do jornal Estado de São Paulo, dentre os cursos ofertados na área de Finanças pelas instituições de ensino superior do Estado de Minas Gerais. A categoria Conhecimento corresponde aos objetivos e conteúdos atualizados por professores experientes, modelos de aprendizagem com metodologias que permitem a troca de conhecimentos entre alunos e docentes de forma aplicada à dinâmica do mercado (carga horária, idade dos alunos, disciplinas e perfil dos docentes). Para aferir a qualidade dos MBAs, foram estabelecidos seis atributos dos cursos a serem analisados para que o aluno faça um bom investimento: critérios de seleção para entrada, conhecimentos oferecidos, criação de networking, presença em rankings, acreditação por selos de qualidade e vivência internacional.

 

Observatório Empresarial recebe premiação

O Programa Observatório Empresarial, desenvolvido pelo projeto de extensão Incubadora Ideias, da PUC Minas, e em parceria com Câmara de Dirigentes Lojistas de Betim (CDL Betim), recebeu o prêmio CDL Destaque 2017 da Federação da Câmara de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (FCDL).

O Programa desenvolve ações de identificação de demandas do comércio varejista e realiza um mapeamento econômico de Betim. As ações promovidas por alunos vão desde a pesquisa e assessorias gratuitas, à elaboração de diagnósticos e planos de desenvolvimentos a empresas do município.

O prêmio CDL Destaque busca incentivar a busca de soluções e ações inovadoras para a classe empresarial e a comunidade. Foram analisados pela comissão avaliadora, composta por consultores especializados da FCDL, Sebrae e outros os seguintes critérios: originalidade, sustentabilidade financeira, aplicabilidade do projeto em outras cidades.

 

Revista de Direito recebe a classificação A1

A Revista da Faculdade Mineira de Direito da PUC Minas recebeu, em abril, a classificação A1 (a mais elevada), pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC-Qualis), que avalia as produções científicas dos programas de pós-graduação do Brasil. Essas publicações são avaliadas anualmente e divididas em estratos indicativos de qualidade, como A1; seguido por A2; B1; B2; B3; B4; B5; C (sem classificação). As classificações A1 e A2 se referem a periódicos com elevado impacto internacional.

A Revista da Faculdade Mineira de Direito, com periodicidade semestral e eletrônica, tem o objetivo de aprimorar a reflexão sobre a relação entre Direito e democracia na sociedade contemporânea. A publicação está indexada nas seguintes bases: Rede Cariniana, Pergamum, CCN, Clase, Latindex, Ulrich, Library of Congress, Icap e RVBI.

 

Cooperação internacional

O Departamento de Relações Internacionais, por meio do Laboratório de Pesquisa e Projetos em Relações Internacionais, lançou, em setembro, o Observatório de Cooperação Internacional, um site que, além de acompanhar a cooperação internacional, irá promover estudos e pesquisa sobre o tema em nível internacional, nacional e regional (Estado de Minas Gerais).

A cooperação internacional é um processo em que países, organizações internacionais, organizações da sociedade civil situadas em países diferentes trocam conhecimento técnico, experiências, práticas, recursos financeiros ou materiais entre si com o objetivo de promover melhoria e desenvolvimento em alguma área específica como redução da pobreza, infraestrutura, educação, saúde e outros.

Com o objetivo de compreender como a cooperação do Estado de Minas Gerais se situa em relação às cooperações de outras localidades, e quais são as possibilidades de ampliação que ela possui neste cenário, o Observatório de Cooperação Internacional surgiu como um dos produtos da pesquisa sobre a cooperação internacional. Acesse o Observatório pelo: lppri.ri.pucminas.br/oci.

 

Novos ambientes interativos

1
Os estudantes do ensino médio da Escola Estadual João Botelho, no Barreiro, participam de oficina ministrada pelo mestrado em Comunicação

Mestrandos do Programa de Pós-graduação stricto sensu em Comunicação Social – Interações Midiáticas, juntamente com o coordenador, professor Mozahir Salomão Bruck, ministraram, em setembro e outubro, oficinas para 25 alunos do ensino médio da Escola Estadual Padre João Botelho, no Bairro das Indústrias, região do Barreiro, em Belo Horizonte.

A atividade teve o objetivo de proporcionar aos estudantes oficinas de reflexão sobre os novos ambientes interativos e os processos que os geram, estimulá-los a reflexões sobre a mídia, os novos regimes e práticas de interação mediados por dispositivos atuais, à luz da cultura contemporânea, e estabelecer oportunidade de atividades de inserção social por parte do Programa de Pós-graduação em Comunicação Social, envolvendo os pesquisadores e alunos cujas pesquisas envolvem a temática que afeta as complexidades da mediação/midiatização na contemporaneidade.

A diretora da Escola, professora Eliane Geralda de Oliveira França, ressalta a importância de projetos da Universidade, como as oficinas, serem desenvolvidos na educação básica. Para ela, essas oficinas auxiliam os estudantes a terem uma visão mais crítica da mídia, ampliando o conhecimento da comunicação, das mídias na sociedade e o próprio protagonismo juvenil, e complementam os conteúdos das disciplinas ministradas na Escola.

 

Selo CFBio de Qualidade

O Curso de Ciências Biológicas, na modalidade bacharelado, foi agraciado, em julho, pela segunda vez, com o Selo CFBio de Qualidade de Cursos de Ciências Biológicas, concedido pelo Conselho Federal de Biologia (CFBio). A outorga do selo foi em setembro, em Brasília (DF), durante o Fórum Nacional do Sistema CFBio/CRBios.

O selo, concedido a cada dois anos, foi criado com o intuito de contribuir para a melhoria dos cursos de Ciências Biológicas. Pretende zelar pela formação e pelo bom conceito dos que exercem a profissão de biólogo, de forma que possam estar qualificados para atuar, seguindo os princípios éticos e de excelência profissional.

 

Cursos de mosaico e musicalização infantil

A Secretaria de Cultura e Assuntos Comunitários (Secac), por meio da Escola de Teatro, oferecerá, a partir de março de 2018, cursos de mosaico artístico e de musicalização infantil. Destinado a um público diversificado, o curso de mosaico artístico capacitará profissionais na área para realização de trabalhos artísticos diversos. A duração do curso será de março a setembro de 2018, com carga de 248 horas/aula.

Já o curso de musicalização infantil tem o objetivo de oferecer ensino de música para crianças de 8 a 12 anos, através de aulas individuais e coletivas de vários instrumentos, além de canto e teoria musical. A duração será de março de 2018 a novembro de 2019. A carga é de 192 horas/aula.

Informações sobre inscrições: (31) 3319-4014.

 

Mediação de conflitos

Convênio firmado com o Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais contempla uma série de iniciativas para a promoção da mediação no âmbito da Universidade por meio dos Serviços de Assistência Judiciária (SAJ) dos campi e unidades. Entre as propostas estão a criação de um Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), que terá seu projeto piloto implantado na Unidade Praça da Liberdade.

Além disso, o acordo prevê o lançamento de um curso de especialização em Negociação, Conciliação, Mediação e Arbitragem, em parceria com o TJMG e a Escola Judicial do TJMG e que será ofertado pelo IEC PUC Minas. Em um terceiro momento, será proposta uma parceria na criação de um mestrado profissional voltado para a Gestão de Conflitos.

Fotos
1Raphael Calixto
2Rubens Custódio da Mota
3Arquivo Arquidiocese de BH
Compartilhe
Fale Conosco
+Mais